Tendência populacional do papagaio-de-cara-roxa (Amazona brasiliensis) no litoral do estado do Paraná

Elenise Angelotti Bastos Sipinski, Maria Cecília Abbud, Rafael Meirelles Sezerban, Patricia Pereira Serafini, Roberto Boçon, Lilian Tonelli Manica, André de Camargo Guaraldo

Resumo


O papagaio-da-cara-roxa (Amazona brasiliensis) é uma espécie ameaçada de extinção cuja maior parte dos indivíduos existentes habita áreas de Floresta Atlântica do litoral do Paraná. Para assegurar o correto direcionamento dos esforços de conservação da espécie, é fundamental a compreensão da dinâmica de suas populações. Assim, este estudo utilizou dados de doze anos de censos realizados pelo Projeto de Conservação do Papagaio-de-cara-roxa para estimar as tendências populacionais da espécie no litoral do Paraná. Os censos foram realizados de 2003 a 2014 nos principais dormitórios utilizados pela espécie no litoral norte (ilhas do Pinheiro, Rasa, do Mel e Rasa da Cotinga) e sul (Ilha do Capim) do estado. As tendências de crescimento ou decréscimo das populações estudadas foram calculadas utilizando Equações de Estimativas Generalizadas (Generalized Estimation Equations; GEE). Os dormitórios das ilhas do Pinheiro e do Mel apresentaram uma tendência de crescimento populacional moderada, enquanto que nos dormitórios da Ilha Rasa da Cotinga e Ilha Rasa, a tendência das populações é incerta. Excluindo-se os dados do censo de 2014, quando valores extremos foram registrados, as análises mostram que a população de papagaios-de-cara-roxa se manteve estável no litoral norte. Já no litoral sul, as análises mostram uma tendência de declínio moderado da população. Os resultados evidenciam que os esforços realizados há 16 anos pelo Projeto de Conservação do Papagaio-de-cara-roxa vêm contribuindo com a manutenção da espécie no litoral norte do Paraná. Porém, as incertezas associadas às tendências populacionais de alguns dormitórios reforçam a importância da manutenção do atual programa de monitoramento da espécie no estado. Esta é a melhor forma de compreender a fundo se as oscilações populacionais observadas se devem a fatores inerentes à espécie ou se são oriundas de impactos antrópicos na região.

Palavras-chave


dormitórios; população; conservação

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Para visualisar/abrir os manuscritos da revista (arquivos PDF) é necessário o software Acrobat Reader. Se você não possui este software, clique aqui para fazer o download da versão atualizada, em português. O software é gratuito e de fácil utilização.

________________________________
Copyright © 2010-2015 CEMAVE/ICMBio.
OJS - Open Journal Systems customizado pelo Núcleo de Tecnologia da Informação/CEMAVE.
Utilizada a tradução do SEER-IBICT para o Português-Brasileiro.

(Recomendamos utilizar o Mozilla Firefox , Google Chrome e resolução mínima 1024 x 768 pixels)